Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

SÁBADO por C-Studio

Partilhe nas Redes Sociais

Powered by

Unibanco
Collectors Marvila, uma loja para apaixonados pelo <em>vintage</em> Collectors Marvila, uma loja para apaixonados pelo <em>vintage</em>

Collectors Marvila, uma loja para apaixonados pelo vintage

Collectors Marvila, uma loja para apaixonados pelo vintage

No bairro mais vibrante de Lisboa, esta loja-armazém reúne peças de design, móveis retro e fotografia, deixando-nos com vontade de mudar casa.


Publicado em 18-Jun-2018

Se não conhece a Vintage Department devia conhecer. Esta loja especial nasceu da paixão que o holandês Alma Mollemans e a inglesa Emily Tomé, filha de pai português, têm por procurar, colecionar e restaurar mobiliário e peças vintage (das décadas de 1940, 50, 60 e 70) que encontram nos vários países por onde viajam. Ao decidirem viver em Portugal, abriram em 2014 um pequeno espaço integrado nas antigas galerias comerciais EntreTanto, no Príncipe Real. O sucesso das peças que vendiam foi tanto que acabaram por mudar para o rés do chão do mesmo Palácio Castilho, para um espaço seis vezes superior ao que tinham inicialmente. Seguiu-se a abertura de uma Vintage Department Store na Comporta e outra no Porto.

E porque o gosto pelo mobiliário vintage e outras peças extraordinárias que vão descobrindo é infinito, Emily e Alma descobriram agora um local com dimensões equiparáveis à sua paixão, um armazém industrial de 3000 m2 no bairro mais cool e vibrante de Lisboa: Marvila. Outrora uma fábrica de produtos alimentares, este imenso espaço vai tornar-se, no futuro, num condomínio de luxo, mas enquanto a demolição não acontece, a Vintage Department deu-lhe uma nova vida, transformando-o em muito mais do que um simples armazém de peças retro. É que se a nave central do edifício está ocupada com mesas, cadeiras, sofás, aparadores, quadros, candeeiros, néones e peças de taxidermia, as galerias laterais e mezanino estão ocupadas por lojas de outras marcas e ateliers de artistas.

Paraíso de ideias

A ideia foi criar aqui um hub criativo em que o vintage, o design, a arquitetura e a arte em geral se juntam e onde alguns produtos são criados de raiz. Por isso, o Collectors Marvila reúne marcas como a Banema Lab, uma “biblioteca” de madeiras e derivados, criada para responder às necessidades de arquitetos, designers de interiores e de quem está a fazer obras; a YellowKorner, especializada em prints fotográficos acessíveis ao comum dos mortais; a Babled Design, com as suas elegantes peças em vidro; ou a Mid Mod, especialista em iluminação e mobiliário dos movimentos Bauhaus, Streamline e Mid-Century  Modern. Depois ainda há os ateliers do Studio Astolfi, da designer e artista Joana Astolfi (que assina vários trabalhos para restaurantes de José Avillez, montras da Hermès ou A Padaria Portuguesa) e, à entrada, a rulote do Foodtruck Ilegítimo, que serve street food caseira (hambúrgueres, bowls, pão, pickles, molhos especiais, batatas fritas…) e ainda gelados da Paletaria e cervejas artesanais das fábricas vizinhas, ou não fosse Marvila o beer district lisboeta.

E porque não há limites para o que pode acontecer neste espaço, o Collectors também recebe concertos, exposições de arte, sessões de cinema e lojas pop-up. Todos os dias das 11h00 às 20h00.