O seu Dia a Dia
Tema da Semana

Carros mais caros a partir deste mês de janeiro

Publicado em 03-01-2018

Com a mudança de ano, surgem novidades para quem procura comprar um carro novo. A verdade é que o Orçamento do Estado para 2018 vai contemplar um agravamento do imposto para a compra de automóveis novos ao mesmo tempo que traz também um aumento do Imposto Único de Circulação (IUC).

Na realidade, e no que diz respeito ao Imposto sobre Veículos (ISV), prevê-se que o aumento na componente de cilindrada venha a variar entre os 0,94% e os 1,4%. Naturalmente, esta subida terá menor relevância nos carros com cilindradas mais baixas – até aos 1.250 cc.

Um outro aumento que deverá também ser tido em linha de conta diz respeito à componente ambiental, cuja subida é igual para os modelos a gasolina e gasóleo, e se situa nos 1,4%.

E, embora seja verdade que, face ao valor global do carro, o aumento poderá até ser pouco significativo, o facto é que os mesmos vão ficar mais caros no momento da compra e ao longo do todo o período da sua posse.

Este ano, mantém-se também a taxa adicional para os automóveis mais poluentes embora o valor global seja reduzido. Assim sendo, os novos modelos, a adquirir em 2018, terão de pagar mais 28,92 euros para motores que emitam entre 180 e 250 g/km, enquanto os modelos que excedam os 250 g/km de CO2 pagam um adicional de 58,04 euros. Quer no primeiro caso quer também no segundo, sabe-se que os valores a pagar são sempre menores do que os praticados este ano.

Já quem tem ou pretende adquirir um automóvel a diesel deverá ainda fazer contas ao chamado “adicional” criado na época de Pedro Passos Coelho e que, aparentemente, mantém o mesmo valor praticado desde sempre, chegando no máximo aos 68,95 euros.

Outras vantagens e alturas do ano a ter em conta no momento de adquirir carros novos:

1.

Último mês do ano…

…não só porque em janeiro os valores já vão refletir o peso da inflação, como também por causa dos objetivos que os vendedores têm de alcançar.

2.

Final do mês…

…uma vez mais, devido aos objetivos que os vendedores têm de cumprir a cada 30 dias.

3.

No lançamento de novos modelos…

…porque quando o modelo antigo vai ser substituído, os concessionários procuram escoar as últimas unidades que têm e os valores podem ser mais vantajosos para quem compra.

Por outro lado, sempre que há o lançamento de um novo modelo de uma dada marca, as suas rivais podem procurar contrariar a novidade com preços mais baixos.