Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Powered by

Unibanco
Casas de férias fora da caixa Casas de férias fora da caixa

Casas de férias fora da caixa

Casas de férias fora da caixa

Vilas de cowboys ou casas transparentes, descubra como se divertir nas próximas férias reservando um lugar inesperado.


Publicado em 04-Out-2019

Pensar num destino diferente nem sempre é fácil, mas e que tal se criarmos a nossa próxima experiência à volta de uma casa de férias completamente inesperada? Vá lá, não tenha medo de quebrar a rotina, porque se reparar bem nas seguintes hipóteses, tem muito por onde escolher…

O Avião perdido

Em plena selva da Costa Rica, no hotel Costa Verde, encontramos um Boeing 727 totalmente remodelado para uma experiência de primeira classe, com dois quartos, kitchenette, e terraço com vista panorâmica sobre a asa direita.
Como ir: O aeroporto mais próximo fica na capital da Costa Rica, San José, a sensivelmente 150 quilómetros. Depois, o melhor será apanhar um voo doméstico para Quepos, alugar um carro ou um shuttle. Diárias a partir de: 110 euros

Mais rápido que a própria sombra

Não se trata apenas de uma casa para alugar, mas de toda a uma vila para a pequenada brincar, num autentico set de filmes de cowboys, fundado por um dos grandes atores do género, Roy Rogers. E fica mesmo ao lado do Parque Joshua Tree, na Califórnia.
Como ir: A partir de Los Angeles pode apanhar autocarro ou comboio para Palm Springs North, e daí um táxi para Pioneertown. Ou alugar um automóvel e aproveitar para explorar a região. Diárias a partir de: em casa com capacidade para 10 pessoas, 1000 euros.

Downtown Abbey

Sim, existe uma hipótese de ficar hospedado em Downtown Abbey. Será por uma noite apenas, dia 26 de novembro, cortesia da Airbnb e de Lady e Lord Carnarvon, os donos de Highclere Castle, o nome da propriedade na vida real. E com direito a mordomo e motorista, claro.
Como ir: O catselo de Highclere fica a sensivelmente 100 quilómetros de Londres, em Newbury. . Diárias a partir de: preço não disponível

Casa Hobbit

Algum fã do senhor dos anéis? Felizmente já não precisa de ir até à Nova Zelândia, porque esta casa oferece uma experiência digna de Bilbo Baggins mas fica no Sussex, em Inglaterra.
Como ir: Tipsy Cottage fica em Robertsbridge, a cerca de uma hora de Londres, por carro ou comboio (southeastern). Diárias a partir de: 220 euros noite.

Hotel na árvore

No Tree Hotel, na Suécia, todos os quartos são casas na árvore, mas elevadas ao cubo, com no caso do MirrorCube, camuflado na natureza. Pode ainda escolher a The Cabin, The Nest, UFO ou qualquer outra, pois todas têm um design inacreditavelmente bonito.
Como ir: Existem vários voos diários de Estocolmo para o aeroporto de Luleå, uma viagem de 70 minutos. Daí o hotel organiza o transfer. Diárias a partir de: 106 euros por noite.

Nave Espacial 2.0

Com um look moderno, mas perfeitamente enquadrado nesta indomada paisagem das Highlands, na ilha de Mull, na Escócia, este  “Pod” AirShip002 em alumínio torna-se ideal para escapadelas românticas, com toda a comodidade, num ambiente acolhedor e repleto de paisagens magníficas.
Como ir: O ideal será apanhar um avião para Glasgow e depois ir de comboio até Oban. A viagem demora cerca de 3 horas, com um cenário lindo entre as montanhas. Uma vez em Oban poderá apanhar um ferry até à ilha de Mull, seguindo depois para Tobermory, onde fica o “Pod”. Diárias a partir de: 170 euros

Apanha de sonhos

Ninguém quer viver numa bolha, mas passar umas noites rodeado de natureza, num igloo completamente transparente, pode ser uma ideia bem diferente. Sobretudo à noite, com o céu e as estrelas por companhia. Cortesia da Attrap’Rêves, em Allauch, perto de Marselha.
Como ir: A Attrap’Rêves fica a apenas  10km da estação Marseille St Charles, a 30km do aeroporto de Marignane e a 35km de Aix-en-Provence. Diárias a partir de: 119 euros

Can Sleep…

…numa lata de cerveja. Este hotel na Dinamarca parece o paraíso numa viagem de finalistas, mas atenção porque só está aberto duramente uns dias de agosto, para o Smukfest, uma espécie de Meo Sudoeste lá da terra. Sempre é melhor do que as habituais tendas, até porque a lata é espaçosa, com uma zona de estar no piso inferior, e de dormir, em cima. No piso inferior existe ainda um minibar, recheado de cerveja, claro.  
Como ir: Skanderborg, no centro da Dinamarca, tem ligações de comboio regulares para Copenhaga por cerca de 50 euros. Diárias a partir de: 360 euros (inclui entradas e alojamento, que também pode ser feito em tendas próprias), mas atenção porque os bilhetes costumam esgotar com meses de antecedência.