Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Powered by

Unibanco
Dez formas de viajar para muito longe sem sair de casa Dez formas de viajar para muito longe sem sair de casa

Dez formas de viajar para muito longe sem sair de casa

Dez formas de viajar para muito longe sem sair de casa

Com fronteiras fechadas e outras medidas de restrição em prática torna-se difícil ir para longe. Qual a solução? Viajar sem sair de casa. Sim, é possível.


Publicado em 19-Mai-2020

1. Ler livros de viagens

Os grandes livros de viagem não se limitam a mostrar um novo destino, são asas de imaginação que nos inspiram e teletransportam para um mundo novo ao virar de cada página. E se ler é viajar, nenhum autor o faz melhor do que Bruce Chatwin em Na Patagónia. Chatwin é um dos mais aclamados autores de viagens, e neste livro em específico leva-nos para um lugar especial, remoto, maravilhoso e habitado por personagens fascinantes. Em português, de Camões a Eça, temos muitos exemplos por onde viajar também, e mais recentemente Miguel Sousa Tavares fez um belo trabalho em Sul: “ Nem sempre viajei para sul, mas nada vi de tão extraordinário como o Sul. O Sul é uma porta de avião que se abre e um cheiro inebriante a verde que nos suga, o calor, a humidade colada à pele, os risos das pessoas, o ruído, a confusão de um terminal de bagagens, um excesso de tudo que nos engole e arrasta como uma vaga gigantesca.” Já partimos?

Dez formas de viajar para muito longe sem sair de casa | Unibanco

2. Ver bons filmes

Um filme pode não ser tão eficaz a dar “asas à imaginação” como ler um livro, mas até por ser mais literal cumpre muito bem nessa função de revelar um local, uma paisagem, os sons típicos e a língua. Uma excelente opção será acompanhar os últimos vencedores do Óscar de Melhor Filme Estrangeiro, que só nos últimos anos foram até à Coreia do Sul, México, Chile e Irão.
Rever as viagens do jovem Ernesto Guevara, antes de se tornar no “Che”, em Motorcycle Diaries também pode ser uma boa opção, mas filmes de e com viagens há muitos, como o encantador Bucket List, com Morgan Freeman e Jack Nicholson, que ao descobrirem que têm pouco tempo de vida embarcam numa aventura que os vai levar a jantar em França, visitar o Taj Mahal, andar de moto na Grande Muralha, fazer um safari na Tanzânia ou subir ao monte Everest.

3. Crie a sua bucket list

Inspirado pelo filme, que tal aproveitar a pandemia para criar a sua própria bucket list de lugares a visitar sim ou sim? Embarcar em grandes viagens de comboio, como o lendário Venice Simplon-Orient-Express, mais conhecido como Expresso do Oriente, o Blue Train, ou o Transiberiano…. Deitar-se nas áreas da Polinésia ou visitar os fiordes na Noruega… Talvez passar uma noite no muito exclusivo Palazzo Gritti, em Veneza, ou comer uma tosta de ovo numa banca de rua em Myeongdong na Coreia? É a sua bucket list, descubra o que o faz mexer.

4. Ouvir um podcast

Em isolamento, como em viagem, que tal seguir os grandes globetrotters do mundo contarem as suas melhores histórias de viagem? É o caso de The Travel Diaries, em que a jornalista norte-americana Holly Rubenstein conversa semanalmente com uma personalidade sobre as suas aventuras à volta do mundo, e como essas experiências moldaram a sua visão.

Dez formas de viajar para muito longe sem sair de casa | Unibanco

5. Em modo virtual com o Google Earth

A neozelandesa Jacqui Kenny é uma das turistas mais seguidas do Instagram, com mais de 125 mil seguidores, e os seus “postais de viagem” vendem-se que nem pãezinhos quentes. A história seria normal não fosse Jacqui sofrer de agorafobia e praticamente não sair de casa  ̶  até descobrir o Google Street View. Ela é a melhor prova do quanto se pode viajar sentado ao computador – e ainda tirar retratos incríveis.

6. Gastronomia do mundo

Admita. Quando está noutro país uma das maiores curiosidades é descobrir a gastronomia local e provar os pratos típicos. A boa notícia é que não há nada que o impeça de fazer o mesmo a partir de casa, porque todas as receitas e ingredientes estão facilmente disponíveis na Internet para “encher” a casa de aromas e sabores de outras latitudes.

7. Seguir o Instagram de uma cadeia de hotéis

Nestes tempos de pandemia, as principais cadeias de hotelaria mundial têm estado bastante ativas no Instagram, como o Belmond, hoje propriedade do grupo Louis Vuitton e que abriu portas a muitos dos seus segredos, seja com aulas de wellness exclusivas para fazer em casa, seja com receitas há muito guardadas a sete chaves, casos da perfeita pasta alla Norma, do Belmond Villa Sant’Andrea, na Sicília, ou dos scones do Belmond Reid’s Palace na Madeira, como já revelámos aqui.

8. World music

Étnica, folk, reggae, tango, indígena… há muitos nomes e mais estilos ainda, porque uma nação revela-se na sua música e nada como começar a explorar o mundo pelos sons. Um bom lugar para iniciar esta viagem é o site World Music Network, que reúne uma mostra do muito que se cria por todos os cantos deste planeta redondo.

Dez formas de viajar para muito longe sem sair de casa | Unibanco

9. Aprenda uma língua estrangeira

Dupla vantagem: não só viaja a aprender uma nova língua, como esse conhecimento se pode revelar bastante útil na atividade empresarial. Então, porque não aproveitar e aprender a língua da próxima viagem ao estrangeiro? Possivelmente em família, possivelmente reservando uma altura do dia para falar apenas esse idioma em casa? É capaz de gerar umas boas gargalhadas… A Duolingo é uma app grátis e bastante interessante para iniciantes, mas existem muitas que servem o mesmo propósito.

10. Planeie uma viagem futura

Pegando nesta última sugestão, aproveite então para definir a próxima viagem. Descobrindo tudo sobre esse destino, os hotéis mais fantásticos, os melhores spots para comer ou os lugares que não pode falhar – mesmo aqueles que aparentemente só os locais conhecem. Assim, quando finalmente se meter num avião de novo, fá-lo-á com a certeza de que a viagem vai valer muito a pena.  

Esta viagem foi planeada ao detalhe…com um objetivo muito especial!