Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Powered by

Unibanco
La Choix, os <em> loafers </em> de todos os dias La Choix, os <em> loafers </em> de todos os dias

La Choix, os loafers de todos os dias

La Choix, os loafers de todos os dias

Elegantes e confortáveis, andróginos e femininos, sofisticados e casuais, os LaChoix oferecem tudo isto sem obrigar a uma escolha difícil.


Publicado em 23-Out-2019

Uma má escolha de sapatos pode ser um tormento capaz de durar um dia inteiro…em crescendo. E se situações há em que é impossível fugir a um par de saltos altos para uma dose extra de sofisticação, na maioria dos dias não há realmente desculpa para que um look cuidado e poderoso não seja simultaneamente cómodo.

Fátima Carvalho descobriu-o por experiência própria: com um par certo de rasos sentia-se igualmente elegante, mas muito mais confortável. O único problema estava em encontrar o par certo, e foi assim que, a partir de uma necessidade puramente pessoal, nasceu a LaChoix (opção, em francês), em 2015.

A LaChoix nunca pretendeu ser uma marca de fast fashion, pelo contrário, o objetivo será criar peças intemporais, capazes de serem usadas ao longo de todo um ano, e de permanecerem relevantes por muitos mais. A coleção cresceu ao ritmo da criatividade de Fátima, não ao ritmo das estações, e aos poucos foi encontrando o seu caminho junto de uma agradecida clientela de pés nacionais – a que se somam mais alguns internacionais. A marca está disponível para venda online, mas curiosamente Fátima Carvalho admite que os espaços físicos continuam a ter bastante mais peso nas vendas “porque as pessoas ainda gostam de ver e sentir os sapatos antes de os comprar.” Ou seja, a esmagadora maioria das vendas online devem-se a clientes satisfeitos que já sabem perfeitamente qual o seu tamanho certo. Assim, pode “ver e sentir” os La Choix em Lisboa e no Porto, na Yoon Concept Store, no Aviz. Em Lisboa estão na 21pr Concept Store, no Príncipe Real, na D-Cube, próximo da Avenida da Liberdade, e na Chocolate Colours, no Restelo. Espaços que em comum partilham uma curadoria muito exigente na seleção das marcas selecionadas.

De Le Smoking a LaChoix

Todos os Lachoix têm por base o mesmo modelo de loafers padrão, e quanto mais Fátima Carvalho pensa no assunto, mais percebe que a escolha deste sapato, originalmente masculino, seria quase inevitável. O look andrógino é algo que a atrai especialmente, ainda que necessariamente trabalhado para ter um toque indiscutivelmente feminino, e cita até o exemplo do smoking. Nos anos 1960, o smoking sofreu uma transformação radical às mãos de Yves Saint Laurent, que redesenhou a forma conferindo-lhe uma silhueta incrivelmente feminina e poderosa. Foi um momento de viragem na história do século XX, rumo a uma igualdade que nos permite agora pegar neste par de sapatos, criado originalmente para o Rei George VI (pai da atual rainha Isabel II) andar mais confortavelmente em casa, e conferir-lhe outro tratamento. Digno da realeza por certo, mas conjugada no feminino, preservando simultaneamente a comodidade que sempre esteve subjacente.

Será talvez por isso que na LaChoix recebem frequentemente pedidos masculinos que pretendem também fazer parte desta escolha. A todos Fátima Carvalho responde o mesmo: “quem sabe se não está para breve?”