Este website utiliza cookies para melhorar a navegação. Ao navegar no website estará a consentir a sua utilização. Para saber mais clique aqui.

Powered by

Unibanco
O Inverno está a chegar O Inverno está a chegar

O Inverno está a chegar

O Inverno está a chegar

As melhores tendências de moda para este inverno misturam referências antigas com novos materiais e detalhes que dão ainda mais personalidade a todos os coordenados.


Publicado em 26-Nov-2019 por Ana Campos, consultora e stylist de moda

Os designers, esta estação, com as suas propostas provaram que a discussão entre o streetwear/athleticwear e alfaiataria continua viva. Numa era em que a multi-escolha, proporcionada pela internet, torna tudo mais acessível e próximo de nós consumidores. Facilmente saltamos entre imagens e textos de pessoas, marcas, movimentos e manifestos. Com um movimento de dedo, vemos o que se passa no outro canto do mundo e podemos escolher acrescentar à nossa whishlist ou guardar como imagens e textos de referência ou para ler mais tarde.

Neste novo mundo os designers seguem caminhos e influências opostas que poucas vezes são conjugadas no mesmo desfile. Se por um lado uns seguem as tendências mais mainstream que passam por peças impactantes que marcam a estação, como os Neons de Saint Laurent, ao Romance de Valentino, e as mascaras dos Novos Romanticos da Gucci. Outros designers como a Burbery, a Celine, ou a Balenciaga escolheram aliar-se aos novos movimentos (muito em voga) “nonfashion” de oposição ao mainstream, que procuram acima de tudo as peças mais clássicas com cortes impecáveis e tecidos irrepreensíveis.

Esta dualidade de abordagem ao inverno surgiu tanto nas tendências masculinas como femininas, as inspirações, no entanto tocaram-se nas décadas, silhuetas e em vontades, tudo em nome de um individualismo que prova uma das frases emblemáticas de Karl Lagerfelt: As roupas não são nada se não forem usadas.

Boémio Parisiense

Inspirado no estilo francês dos anos 70, popularizado pela casa Celine e agora revisitado pelo atual diretor criativo da marca Heidi Slimane. Com códigos muito específicos como a presença de tons terra, por vezes misturados em estampados assim como na coordenação de peças no mesmo look.  Materiais como príncipe de gales, xadrez, veludo cotelê, seda, revestem blazers e capas de corte clássico, laçadas e plastrons, sem esquecer as carteiras com alça de mão e de ombro, e os óculos aviador.

Mulher

Homem

Marcas

Romance negro

Os underdogs de filmes como Pulpfition juntaram-se às tribos urbanas, nos desfiles, para criar uma nova silhueta onde o preto reina. Materiais pesados como pele, o veludo e a lã, misturam-se com a delicada renda, chiffon e voille. Sempre coordenados com as botas mais marcantes.

Mulher

Homem

Marcas

Arco Iris

Numa estação onde os tons principais são pasteis, tons de terra e preto, as cores vivas e até as néon vieram surpreender e tornar os dias cinzento mais alegres. A escolha perfeita para se destacar, é usada em look total de uma só cor ou com misturas improváveis como o roxo com o vermelho, ou o amarelo com o cor de rosa. São usadas também nos estampados de rosas que surgiram em muitos desfiles.

Mulher

View this post on Instagram

The other night my friend @haaninthecity was over for dinner and commented on this dress that I have hanging on the outside of my closet door. It was designed by one of the most wonderful, kind, and talented people I know @tiacibani and I remember when I saw it at the end of one of her fashion shows a few years ago and sort of gasped. To this day, it’s one of the most lovely things I own, and putting it on today for fun reminded me why I loved it so much in the first place...its elegant and a real “moment” but totally and miraculously unfussy, meaning no zippers, buttons, or hooks...just good heavy silk and a beautiful cut, that includes a gathered neckline in the back that simulates a sort of cape effect...a simple masterpiece. Tia designs children’s clothes now @tiacibanikids (stuff that I want to wear), but this dress reminds me why clothing doesn’t have to feel disposable...it can be art.❤️ #thecbootd

A post shared by Christene Barberich (@christenebarberich) on

Homem

View this post on Instagram

🍇

A post shared by Luis Borges (@luisborgesoficial) on

View this post on Instagram

Tenha um óptimo fim-de-semana ✨😊

A post shared by Manuel Luis Goucha (@mlgoucha) on

Marcas

Anos 80

Da Disco aos Novos Românticos, o brilho, as assimetrias e os ombros largos voltaram para o guarda feminino e masculino. Tecidos trabalhados com acolchoados, brocados e pailletes convivem com o vinil, a pele e a seda, em silhuetas surpreendentes sempre com muitos acessórios brilhantes.

Mulher

View this post on Instagram

On IGTV now!

A post shared by Selena Gomez (@selenagomez) on

View this post on Instagram

@priverevaux 👓 #reframeyourself #ad

A post shared by Cara Delevingne (@caradelevingne) on

View this post on Instagram

🌫

A post shared by Zendaya (@zendaya) on

View this post on Instagram

New @hauslabs drops next week 🎁

A post shared by Lady Gaga (@ladygaga) on

Homem

Marcas